OS FATOS QUE MERECEM DESTAQUES NO JORNALISMO COMUNITÁRIO: SEGURANÇA PÚBLICA, EDUCAÇÃO, SAÚDE, ESPORTE, LAZER, CULTURA ENTRETENIMENTO. FERREIRA SANTOS - JORNALISTA.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Pedófilia


Em Sobradinho II criança de 4 anos é vítima de abuso sexual praticado pelo próprio tio foi preso pela Polícia Civil  
Por Ferreira Santos




               Após investigação a Polícia Civil através dos agentes da 35ª Delegacia de Sobradinho II, prendeu na tarde desta quinta-feira (2/2), acusado de abusar sexualmente da sobrinha de apenas 4 anos de idade, o universitário Jedson Alves Silva, 22 anos. O delegado chefe da 35ª Delegacia de Polícia Rogério Henrique, pediu a prisão preventiva do acusado com base nas investigações e na constatação por meio de exames do IML – Instituto de Medicina Legal, que confirmou o ato sexual contra a criança. O acusado foi preso por volta das 16h de quinta-feira por policiais civis, após a justiça decretar a prisão preventiva do acusado através do mandado de prisão, 47435/2012. Segundo o chefe da 35ª DP, caso seja condenado o acusado poderá pega de 16 a 30 anos de reclusão por ter abusado duas vezes da criança. Na carceragem da 35ª DP o acusado falou a reportagem e negou as acusações.
          Os abusos começaram a ser investigados pela Polícia entre julho e agosto de 2011, quando Natacha, mãe da criança viajou para São Paulo deixando a filha de 4 anos, sob os cuidados dos avós maternos e do tio acusado de molestar a sobrinha em Sobradinho II. A avó percebeu que havia algo errado com a neta durante o banho, ao notar que a neta olhava insistentemente para as partes intimas dela, o que chamou atenção da avó, que percebeu um avermelhado. A criança confessou para avó que o tio esfregava o negócio dele nas suas partes intimas sempre que ele a chamava para jogar vídeo game no quarto. A criança foi levada ao Hospital de Sobradinho, os médicos detectaram o problema e o caso foi parar no conselho tutelar e na Polícia Civil. Em Novembro a mãe da criança voltou de São Paulo devido o corrido passou a reparar o comportamento da filha e certa vez constatou pela segunda vez que as partes da criança estariam avermelhadas e desta vez a criança foi levada pela Polícia Civil ao IML, que constatou a violência sexual contra a criança onde o tio é o acusado.
          O delegado disse que após o laudo do IML formulou um relatório com os fatos investigado e pediu a prisão preventiva do acusado e com a constatação do crime o caso foi comunicado a DPCA – Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente. Em depoimento aos pofissionais da área a vítima relatou que não gostava do tio, com uma boneca mostrava que o acusado esfregava o pênis na parte do seu corpo demonstrando com o brinquedo. O pai do acusado disse para a Polícia, que estranhava e que nunca concordou com a permanência da neta no quarto de Jedson Alves. A mãe do acusado estava desolada na delegacia e precisou ser amparada por parentes ao ver o filho preso na cela da 35ª DP.
          No canto da carceragem Jedson Alves confessou com a reportagem. Ele negou as acusações, disse que se dava bem com a vítima e que não gostava quando ela entrava no quarto dele, coisa que ela fazia sempre, mas sem o consentimento dele. Afirmou o acusado. Segundo o investigador Jedson poderá pegar uma pena com base no artigo 217A, combinado com o artigo 5 inciso II, do código penal brasileiro que varia de 16 a 30 anos de reclusão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

ACUSADO DE AMEAÇAS NO TRÂNSITO DE TAGUATINGA USANDO SIMULACRO DE PISTOLA É PRESO PELA PM NA ASA NORTE

PM PRENDE ACUSADO DE AMEAÇAR MOTORISTA COM SIMULACRO DE PISTOLA Por Ferreira Santos. fonte: PMDF/CCS   A Policia Militar do DF prendeu um ho...