OS FATOS QUE MERECEM DESTAQUES NO JORNALISMO COMUNITÁRIO: SEGURANÇA PÚBLICA, EDUCAÇÃO, SAÚDE, ESPORTE, LAZER, CULTURA ENTRETENIMENTO. FERREIRA SANTOS - JORNALISTA.

quinta-feira, 9 de abril de 2020

LIBERADO PELA JUSTIÇA ACUSADO DE ATACAR POLICIAL MILITAR COLECIONA CRIMES


SOLTO COMETEU CRIMES DE TRÁFICO DE DROGAS E PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO




Por Ferreira Santos/repórter.




Policial precisará passar por precediemntos cirurgicos ou ficará com sequelas permante. Além da psicologica.


O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) concedeu na quarta-feira (8) liberdade provisoria a Luis Fernando Dos Santos Lima, 20 anos. Luis é cadeirante, e acusado de atacar uma equipe da Policia Militar do Distrito Federal, que resultou em ferimento grave a um solado, além de provocar hostilidades de cerca de 90 pessoas, que cercaram os policiais que ficaram em perigo. As imagens correram grupo de whatssap alguns demostraram desmotivação provocada pela atitude da Justiça do DF. A fúria contra os policiais militares ocorreu na segunda-feira, (6/4) por volta das 11h20 na Vila Estrutural. A guarnição fazia rondas ostensivas e preventivas durante uma abordagem policial a quatro individuos na quadra 5, conjunto 14, a área é considerada de constante tráfico de drogas. Luis Fernando foi o único a desobedecer as ordens de praxe da PolÍcia durante uma abordagem. Devido ao escândalo e gritos provocado por Luis Fernando, populares se inflamaram contra a guarnição. O cadeirante tem diversas passagens na Polícia, caindo a tese de que ele é primário. Luis Fernando arrancou parte da orelha esquerda do soldado Barrozo com uma mordida, antes o soldado recebeu socos, empuroes, cuspirada no rosto por parte do cadeirante que resistia o algemamento. As imagens mostram o agressor segurando o policial durante luta corporal. Moradores arremessaram pedras, até côcos foram jogados contra a equipe da PM. No final da tarde um menor também foi apreendido por policiais do Gtop. O infrator é acusado de tentar retirar do coldre a arma de um  outro policial da guarnição no momento do tumulto e algemamento do agressor. Acuados e temendo por sua integridade fisica, os militares tentavam se defender das agressões usando gás. Os envolvido foram conduzidos ao plantão da 4ª Delegacia de Policia Guará II, onde o cadeirante Luis Fernando foi autuado em flagrante por crimes de lesão corporal gravissima, ameaça, resistência e desacato. Para justificar a liberdade provisoria de Luis Fernando a Justiça do Distrito Federal uso o argumento que o fato é "abstratamente grave, Não há circunstancias fáticas concreta, atuais e contemporaneas a justificar a prisão do autuado", defendeu a magistrada. Ainda de acordo com a Justiça o acusado é primario", tem bons antecedentes, residencia fixa e trabalho lícito".  

A guarnição recebe xingamento é hostilizada o tempo todo. A ameaça é evidente. Justiça concede liberdade alegando ser o acusado primário e ter trabalho lícito. 



Através de sua assessoria de imprensa a Associação dos Oficiais da Policia Militar do Distrito Fedeal (ASOF/PMDF), soltou uma nota repudiando atitude da magistrada, " uma injustiça". lamentou.

      Imagens de 2018. Luis Fernando reagindo abordagem policial agredindo policial feminina.

Luis Fernando dos Santos Lima, tem o custume de reagir a intervenção policial. Imagens as quais o reportagem do blog teve acesso monstram que em (2018), Luis Fernando reagiu da mesma forma, para se livrar da abordagem da Policia Militar realizada no mesmo local. Aproveitando da condição de cadeirante, Luis Fernando reage agridindo policiais, faz escândulo colocando moradores contra ação policial e se saindo como coitadinho ludibriando a justiça. 

Mas quem é Luis Fernando dos Santos Lima...? Uma coisa é certa e somente a justiça não sabe, que Luis Fernando, não tem nada de coitadinho tão pouco é primario no submundo do crime. Mesmo sobre duas rodas se mostra perigoso a sociedade e para a Policia quando tenda abordar-lo. Além disso o homem conta com a cumplicidade de alguns moradores e da familia. Mas pelo currículo criminal Luis Fernando teria que está preso.

                                 Imagem mostra acusado desafiando e provocando policiais.

A reportagem teve acesso a documentos que comprovam que Luis Fernando figura como autor de varios crimes praticados principalmente em 2018. Entre os crimes lesão corporal grave contra agentes da Lei em 2020 e outra em 2018 contra policiais femininas. Furtos diversos em 2018 como suspeito, tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo uso restrito, acessorio ou munição, posse irregular de arma de fogo, apreensão de possivel susbstancia entorpecente em 2018. Tráfico de drogas e abordagem a pessoas, em 2018, uso e porte de substancia entorpeente, em 2018. Localização de veiculo roubado, adulteração de sinais identificador de veiculo automotor, receptação e posse de drogas, em 2016 a mairia dos crimes praticados em 2018. Os fatos foram registrados na 4ª DP.

A vítima soldado Barrozo foi socorrrido pela equipe do Corpo de Bombeiros do DF ao Pronto Socorro do Hospital de Base,  onde ficou até as 1hh40 aos cuidados medicos. O menor foi apresentado na Delegacia da Criança para medidas de praxes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

ACUSADO DE AMEAÇAS NO TRÂNSITO DE TAGUATINGA USANDO SIMULACRO DE PISTOLA É PRESO PELA PM NA ASA NORTE

PM PRENDE ACUSADO DE AMEAÇAR MOTORISTA COM SIMULACRO DE PISTOLA Por Ferreira Santos. fonte: PMDF/CCS   A Policia Militar do DF prendeu um ho...